A Teen do apê 22

Um conto erótico de Jabuca
Categoria: Heterossexual
Data: 10/06/2019 23:51:23
Nota 10.00

Estou encontrando uma jovem no meu prédio que é uma loucura. Não é sempre que a vejo e nem sei o andar em que mora. Talvez, o leitor conheça alguma destas Teen fabulosas em seus pedaços. Se conheces, então faça-a personagem deste conto; pois são iguais. Tive um plano e vou colocá-lo em prática; é só aparecer a oportunidade. Tentei encontrar esta Teen e não consegui. Fiquei no hall de entrada do prédio em diversas horas, em dias diversos e nada! Um dia, bendito dia! Aconteceu um blackout no prédio, durante o dia, e ninguém utilizou o elevador. Estava descendo pelas escadas e a Teen estava subindo. No espaço que fica entre o 1º e o 2º andar, ela passou por mim - não me olhou e nem me cumprimentou.

"Oi, princesa...!" = Ela virou o rosto para trás, olhou-me nos olhos:

"Pois não...!"

"Peguei esta nota de 20 reais do chão...! Não é tua...?"

"Não...! Não é minha...!"

"Se não é minha e não é tua...! Então fique com ela...! Estará em melhores mãos...!"

Ela pegou a nota, sorriu, agradeceu e continuou sua subida.

Passaram-se tempos para vê-la de novo. Tentei encontrar-me com ela e não consegui.

Não perguntei a ninguém onde morava a Teen, assim-assim! Ia levantar suspeitas que o coroa estava interessado em fulana.

Num domingo pela manhã estou indo à padaria e vejo a Teen uns metros à minha frente. Acelero os passos e emparelho-me a ela.

"Bom-dia Princesa...!" = Ela levou um leve susto e sorriu:

"Bom-dia, como vai o senhor...? Tudo bem...?"

"Está...! Está tudo bem...! Qual o apartamento que moras...?"

"Moro no 22...! E o senhor...?"

" Eu moro no 33...! Meu nome é Jurandir...!"

"Sou a Nicole...! Chegamos...! Vou comprar pães...!"

"Eu vou na ala dos frios...! Tchau...!"

Comprei o que tinha de comprar e me dirigi à fila do pão. Nicole já era uma das primeiras.

Comprei o pão e a encontrei na fila do caixa. Fomos juntos para o prédio.

Batendo um papo leve chegamos e no hall, aproveitando que não tinha ninguém por perto:

"Nicole...! Eu gosto muito de chocolate e ao comprar para mim, aproveitei e comprei um para ti também...!"

"Oh!!! Muito obrigada, não precisava...!"

Entramos no elevador, ela saiu para o 2º e continuei para o 3º andar.

O chocolate que dei à Nicole estava dentro de uma sacolinha e preso ao chocolate, com um pedaço de fita crepe, estava uma nota de 50 reais.

Se Nicole não gostar disso, se sentir ultrajada por isso, vai falar com os pais. Se ela não se incomodar e talvez lembre de algo que gostaria de comprar; ela não falará nada para ninguém.

O tempo passou e não mais vi Nicole. Eis que me chega a sexta-feira santa e feriado para relaxar.

De manhã, tocam a campainha. Vou atender:

"Nicole...! Que surpresa... Bom-dia... Vem, vamos entrar...!" = Abri mais a porta, me afastei um pouco e Nicole entrou; fiz-lhe sinal com as mãos, apontando o sofá e ela foi ali sentar.

"Bom-dia, Jurandir...! E obrigada pelo chocolate...!" = Ela estava um pouco intimidada e tímida. Olhou para mim e:

"Fale Nicole...! Conosco não tem enrosco...! Esteja a vontade..."

Seu Jurandir...! Minhas amigas vão no show da banda Greta Van Fleet, no próximo domingo...! Está me faltando 150 reais para minha entrada; para demais despesas eu já completei. Se o senhor tiver...! Se não vai lhe fazer falta...! Poderemos devolver no mês que vem...!"

"Não tem problema, Nicole...! Você está me pedindo para lhe ajudar a fazer o que gostas...! Estas procurando ajuda para uma coisa que lhe dá satisfação...! Eu, vou pedir a você uma coisa que eu gosto...! Vou pedir a você uma coisa que me dá satisfação...!"

"O que é seu Jurandir?"

"É brincar com sua <boceta>...! É acariciá-la... é beijá-la...!"

Sai da sala e fui ao quarto. Voltei à sala com cinco notas de cem reais; mostrei à Nicole e coloquei encima da TV.

Nicole se aproximou de mim; ajoelhou-se no tapete, abriu minha braguilha, tirou minha <rola> prá fora e me fez um boquete. Passou a língua em toda a circunferência, abocanhou o <croquete> e o introduziu até à campainha do céu da boca, onde vomitou salivas em toda a minha virilha. Levantei-a do tapete, levei-a para o quarto e deitamos na cama.

Meti-lhe a língua na <cona>, chupei-lhe os lábios externos da <vagina> e suguei os lábios internos - Nicole se esparramava toda na cama. Abri-lhe as pernas para introduzir minha <estrovenga>; Nicole se encolheu e fechou as coxas:

"Na frente não Jurandir...!"

Falando assim, meio sussurrando, ela ficou de quatro - me oferecendo aquele quadril majestoso. Abri suas nádegas e enfiei a língua em seu anel precioso; o <fio-o-fó> se contraiu e apertou minha língua.

Debrucei sobre suas costas e enfiei o <instrumento> naquele <buraquinho> melado de gel. Bem guardado lá dentro, só sentia a contração da <rosquinha> de Nicole e naquele fuck-fuck, ela chegou ao orgasmo e eu me esporrei todo dentro daquele <cuzinho>. Após um breve relaxamento, fomos para o banheiro e Nicole, com o dinheiro na mão, se despediu preocupada da mãe em não encontra-la para almoçar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/06/2019 16:53:41
Ótimo conto amigo..nota 10
11/06/2019 07:28:16
Ótimo conto cara, será que tem mais algo sobre a Nicole

Online porn video at mobile phone


ver vidio porno novinha nao sabia que ia doe perde o cabaso com um pauzidoConto gay novinho crenteaprendiz do sexo porno falando palavroesbuceta arreventadaposo enchuga o meu priquitoTHeo eTonnyprovoquei meu padrasto com roupas curtinnhasmas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?x video subrinhaolhando o titio roludoContos eroticos curtos esperiencia , sexesul com cachorro zoofiliacontos me comeu a força e eu gosteizoomfilia com eguazoofilia rs com cao grandaopai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileiragato sarado transa com amiga gostosa ponodoidoconto genrocasada coroa casera do buctaoconto erotico fudendo fudendo uma velha feia e fedidairma ver a outra de calcinha e quer chupar elaNossa essa rotina já tá com tesão quero ver sarrar na CopaDominando a Mãe da Alunanovinha paitihacontos de pai olhando no decote da filha peitudacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eroticosinha mulher viu eu dando o cuconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhotava comendo minha namorada minha mae pegou no fragacontomulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãocontos acampado co miha esposagarotos tesudos chupando frentistaxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozfoda-se que ele é meu irmão 4eu me masturbando pra minhacunhadinha pretinha de onze anos em vconto esposa do pastor tranzou com molekxvideo cunhado com o pau Grosso pra um bouquet contos eróticos menina no esconde escontecontos eróticos minha mulher e o inquilinoXVídeos loirinha Madame a Patroa e a Fazendeira conjunto E vai transarContos eroticos bdsm pet playMiller tair marido com ladrão em casa phornocontos eroticos comendo o bundao da dona filhomenaxvideo tara com apacoteirafilme de sexo com novinha conto as novinha e os novinho com tardezinhasexybemmaislevo muitas gosadas xvidiobucetinhas e cuzinhos lisosconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorcontoerotico eu namorada mae e tionovinha se torce ao entrar rola gigantesca nelamulher casada foi na massagista e não resistiucontos de sexo depilando a sografei a buceta pro meu primo mais novo contos eroticospica no cu da sogra gostosa conto eroticocaso elevo omigo com 30 centimetro de pau pra foder esposameu padrasto me estrupo ranco meu cabaco eu gosteifoto de uma buceta nasendo os cabelos quando depila de estojoa buseta e bundao maio dk mundo e peitocontos eiroticos leilapornContos da tulafolha da a buceta ao seu pai pra tira o seu cabacocontosexo com mulher sindrome de down dando o cuxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracuconto eurotico casal pescano com amigo beldoloiras gordas da bocetona grande e peitos muchos chorando pra nao da o cuvideos caseiros itabiranas fudendo escondidosXvideos mlheres com a buceta pegando fogo de vontade de da buceta pra mendigo sujocrente pega sobrinho pau durohttp://zdorovsreda.ru/texto/200704573pornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********xvideo nigro xxxvvnEncoxada no riquinho no onibusHaitianos e camareiro mundobichapeito bicuodo de mulherver somete vidio alugaro uma mulher pra fude na chacar mais ela nao que da o cu comedoo cara e pauzudoconto erotico primo safado